segunda-feira, 8 de setembro de 2008


E quando todo o resto não fizer sentido,
Roupas, chaveiros, agendas...
As lembranças vão mostrar ainda além,
Vão desenhar a sombra de cada fotografia...
Vão deixar falar por si só. Porque voar sozinho é impossível.
Você precisa de base, segurança, fé...
Forças que só pessoas que estão ligadas a você
Por vida, destino ou sonho
Farão você sentir.
Os amigos que se foram,
As risadas perfeitas no pátio,
Levar a vida vai ser continuar calada, muda, inconsciente a cada verso que pulsa por essa saudade.
Fazer aquele tempo voltar,
E reconhecer, que nada, nem ninguém
Vai só até onde você pode ver.

3 comentários:

Kaká disse...

'Porque voar sozinho é impossível'

Impossivel e nao teria a menor graça!
Espero que possamos voar sempre juntas abiugaaa! :)


TeamO

gotasdeamor disse...

Não gosto nem de ler,nada q fale sobre fim.
Achopq nada tem fim,não há pontos finais,só virgulas longas.

Prilla disse...

Sozinho??
e quem é que vive só?

num dámesmo!

um xeru p tu
so que é grande
pq tu é grande